Reeducação Alimentar
 

É um processo de mudança de hábito alimentar através de orientações nutricionais específicas onde o paciente terá uma alimentação saudável. O paciente emagrece sem passar fome.

Sua Importância

A importância do tratamento basea-se no fato do paciente entender o que é uma alimentação saudável tornando-se assim, fácil de emagrecer sem dietas rigorosas.

Dicas e Curiosidades

Na reeducação alimentar você irá descobrir que é permitido consumir, por exemplo, chocolate, diariamente. Para isto o paciente deve seguir a risca as quantidades de alimentos proposta pela nutricionista. Afinal o que engorda não é os alimentos em si e sim o excesso deles!

Macarrão e batata também podem ser incluídos em um plano de emagrecimento, assim como feijão e outras leguminosas. Respeitando as quantidades propostas você perceberá que pode comer de tudo, mas de tudo um pouco!

A seguir algumas dicas para um emagrecimento saudável:

• Troque a gordura dos molhos industrializados pelo molho caseiro , feito com pouquíssimo óleo;
• Refogue o alho e a cebola com pouco óleo (incline a panela para agilizar o processo) ou apenas cozinhe os temperos na água;
• Use e abuse dos condimentos em geral;
• Troque sempre as frituras por grelhados, assados ou cozidos;
• Oferecer carne magras (músculo, maminha, alcatra) e retirar toda a gordura aparente;
• Retirar a pele das aves;
• Varie com peixes assados ensopados e cozidos no vapor (peixes magros: cação , pescada, linguado, entre outros). Os peixes de água doce são mais gordurosos que os de água salgada;
• Varie o sabor do leite. Experimente colocar gotas de essência de baunilha, que além de ter baixíssima caloria, dá um sabor muito especial;
• Não consumir mais de 2 ovos por semana, uma vez que os mesmos são riquíssimos em colesterol.